Medicina Quântica

terapia-quanticaA Medicina Quântica deriva da Física Quântica, a qual defende que tudo no universo vibra a uma frequência única e individual, incluindo nós mesmos.

Assim sendo, as células dos nossos órgãos apresentam uma frequência diferente umas das outras, ou seja, as células que compõem o fígado vibram de uma maneira diferente das células que compõem os rins, sendo esta analogia feita para todas as partes do organismo incluindo as emoções.

Recorrendo a aparelhos capazes de detetar esta vibração, a Medicina Quântica surge como uma ferramenta de diagnóstico e terapêutica, integrada no contexto de uma consulta fornecida por um especialista de saúde.

Durante a consulta com recurso a esta nova tecnologia, o paciente é conectado através de bandas na cabeça, mãos e pés, que imitem e captam sinais electromagnéticos do corpo. É indolor e não invasivo.

Durante a análise, o organismo do paciente é totalmente examinado, procurando distúrbios nos órgãos, alergias, vírus, bactérias, fungos, enzimas, vitaminas, sais minerais, níveis hormonais, emoções e sensibilidade a alimentos.

O resultado desta análise é então comparado com o que consta de uma base de dados onde estarão valores que correspondem ao padrão da normalidade dos respectivos níveis.

Identificado o problema de saúde e a sua origem, proceder-se-á ao tratamento.

O tratamento da condição de saúde em causa será efectuado através do envio de frequências específicas às células ou emoções que necessitem de tratamento.

A homeopatia e a reeducação alimentar são também terapêuticas utilizadas para reequilibrar o organismo do paciente, uma vez que, com a informação dos desequilíbrios internos e das reações aos alimentos, esta consulta permite identificar os alimentos de que o paciente mais necessita e, ao mesmo tempo, os que o prejudicam.
Quais as condições de saúde que trata?

A Medicina Quântica atua nos mais diversos desequilíbrios de ordem física, mental e emocional, sendo também particularmente eficaz em bebés e crianças, nomeadamente nas que pouco ainda se expressam verbalmente, dado que o diagnóstico através da Medicina Quântica não resulta da comunicação com o paciente.

Algumas condições mais comuns podem ser enumeradas:
BEBÉS E CRIANÇAS

•    Otites
•    Amigdalítes
•    Bronqueolites
•    Alergias
•    Eczemas e outras dermatites
•    Dificuldade na aprendizagem
•    Falta de apetite

 

ADULTOS

•    Tumores
•    Doenças auto-imunes
•    Alergias
•    Depressão
•    Ataques de pâncio
•    Infeções/inflamações urinárias e ginecológicas
•    Distúrbios digestivos
•    Acompanhamento da grávida

Qualquer pessoa, independentemente da doença ou idade poderá recorrer a uma consulta com recurso à Medicina Quântica, sendo que esta poderá ser uma mais-valia a montante das demais vertentes terapêuticas que sejam necessárias.